Alexandre da Maia e suas doideiras... notas de um cardisplicente


o que é o que é?

Compreender é conseguir se contorcer e ampliar limites da capacidade de refletir. Ou seja, é viver lidando sempre com o que podemos (e o que não podemos) fazer. Compreender é ter uma expansão da auto-reflexão, do conhecer-se. Curiosamente, isso pode ser confundido com uma sedução pelo domínio, pelo poder. Afinal, é como se houvesse um fascínio pelo  reconhecimento de sua própria capacidade de compreender conceitos, erigir teorias, construir caminhos. É como se o conhecer fosse uma dor gostosa de sentir, pois traria com ela a sensação de dominar, de reter, de ter poder.

Só que (e daí vem o paradoxo do conhecimento) quanto mais se compreende, mais se percebe que o que compreendemos são nada mais que recortes contingentes de uma subjetividade fragmentada. Conhecer é perceber a fragilidade do conhecer-se.



Escrito por da Maia às 17h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, RECIFE, BOA VISTA, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, English, Música, Livros
MSN - damaia@uol.com.br
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis